Criado em 16 Outubro 2017

O jovem suspeito de atropelar e matar um menino de sete anos em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite de sexta-feira (13), se entregou à polícia por volta das 10h30 desta segunda (16).

Ele fugiu sem prestar socorro após o acidente e não tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O menino Gabriel estava em uma festa de aniversário e brincava com outras crianças na rua, quando foi atropelado.

No sábado (14), o condutor já tinha informado à polícia que se entregaria. O delegado Vinícius Augustus de Carvalho, da Delegacia de Delitos de Trânsito, afirmou que o condutor, que tem 18 anos, deverá responder em liberdade.

“A dor que eu estou passando, ninguém imagina”, disse a mãe de Gabriel, Dalva Correia.

Carvalho declarou ainda que o jovem discutiu em uma confraternização na igreja e saiu nervoso, em alta velocidade, com o carro. Outras duas pessoas também estavam no carro, ainda segundo a polícia.

A polícia também disse que teve dificuldade para localizar o jovem porque ele e a família saíram de casa depois que ela foi apedrejada.

G1