Criado em 13 Fevereiro 2014

Na manhã desta quarta feira (12) o prefeito Luiz Mestiço e o secretário de Saúde Claudio Prudêncio recebeu a visita do diretor executivo Luis Lino de Almeida Júnior e da diretora de programação e regulação  Silvia Karla Azevedo Andrade do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema CISMEPAR ao qual o município de Assaí é conveniado.

Na reunião de trabalho os diretores do CISMEPAR apresentaram a nova proposta de atendimento para a população de Assaí, que irá ampliar em 50% o número de atendimentos de  consultas de especialidades clínicas, exames especializados e cirurgias.

O CISMEPAR disponibiliza atendimentos na área de média complexidade, com uma equipe composta por mais de 80 médicos.

Durante a visita os diretores apresentaram o projeto de ampliação do centro de especialidades do CISMEPAR que irá fortalecer ainda mais a parceria e a qualidade dos serviços prestados ao município.

 

 
Criado em 13 Fevereiro 2014

A Secretaria de Cultura e Turismo implanta o projeto CLICK CULTURA como um instrumento de construção da memória local, ancorado no Plano Nacional de Cultura e como uma das metas do Governo Municipal de avançar no processo de pertencimento da identidade individual e coletiva da história de Assaí.

A cada 15 dias atores sociais assaienses estarão evidenciando seus sonhos e sua trajetória, como experiências significativas da MEMÓRIA VIVA.

Marcando o início do projeto, o Click Cultura destaca o assaiense Mário Ikeda, Delegado da Polícia Federal aposentado, filho de Raul Hiroshi Ikeda e Kohana Takeda Ikeda e neto do casal Eitaro Ikeda e Miyano Ikeda que aportaram no navio Kasato Maru em julho de 1908, sendo o único casal que escolheu Assaí como sua pátria.

Mário Ikeda - Um renome da família Ikeda que amplia uma lição de cidadania para nós assaienses dos valores da cultura japonesa, pois sua influência é forte na memória local da cultura do registro, do pensado e vivido pelos herdeiros de EITARO IKEDA.

“... Tenho muito orgulho de ser assaiense, enche e mexe com meu coração  participar da história da memória local, contribuindo das riquezas da colonização de Assaí, na história da imigração japonesa no Brasil, do que essa cidade representa de valores de sua gente e a formação com muito orgulho da cultura herdada por meus avós que diziam que é preciso estudar para alcançar o sucesso. Voltando ao túnel do tempo, recordo-me que saia de manhã com a marmita para ir a escola regular, e a tarde na escola japonesa. Exerci com muito orgulho a minha missão neste País, algumas pessoas quiseram me atrapalhar, mas não conseguiram, pois eu queria ser alguém que fizesse a diferença... “

Hoje 11/02/2014, estou na cidade de Assaí, com meu amigo pesquisador, historiador Osamu Toyama, que retrata a imigração japonesa.Estamos aqui para conversar e registrar a história da colonização japonesa. Toyama é um escritor que tem obra escrita na língua japonesa: “ Cem Anos de Águas Corridas da Comunidade Japonesa” . Grande amigo que já foi até homenageado pelo Governo Japonês.

Por intermédio do ex prefeito Michel Angelo Bomtempo o Governo do Paraná rendeu uma homenagem ao Avô denominando como Eitaro Ikeda o viaduto na trincheira na BR 369 intersecão com a Pr 090 Jataízinho/Assaí.

Nesta minha caminhada em Assaí, da minha janela à Rua Riichi Tatewaki,  retrato a grande obra do Memorial da Colonização Japonesa (Castelo), situado à Rua Presidente Kennedy,  que aguardo ansioso o término da construção. O primeiro castelo japonês no Brasil que deverá resgatar através de um museu com um acervo inédito a história da imigração japonesa no Brasil. 

 

 

 
Criado em 13 Fevereiro 2014

Nilson Yoshitomi e Letícia Saiki se destacaram no Panamericano Nikkei de Atletismo; administração promete maior investimento no esporte

Letícia Saiki venceu a prova de 400 m rasos e de revezamento de 4 por 400 m; já Nilson Yoshitomi a de revezamento 4 por 100 m

Assaí – Aos oito anos de idade, durante as brincadeiras de correr pelas ladeiras íngremes de Assaí, Nilson Yoshitomi, de 18 anos, e Letícia Lika Saiki, de 17, não imaginavam que chegariam tão longe. Aos poucos, a diversão deu lugar ao treinamento e, no começo deste mês, eles conquistaram três medalhas de ouro e uma de prata no Panamericano Nikkei de Atletismo, disputado em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A competição reuniu atletas descendentes de japoneses do Brasil, Argentina, México, Bolívia, Peru e Paraguai. 

Após garantirem índice em maio do ano passado, no Intercolonial Brasileiro, em São Paulo, os dois foram confiantes para o país vizinho. E os resultados apareceram. Letícia, especialista em provas de resistência, ganhou uma medalha de ouro nos 400 m rasos e outra no revezamento de 4 por 400 m. Já Yoshitomi levou a prata nos 100 m rasos e ouro no revezamento 4 por 100 m. Diante das conquistas expressivas, o atletismo ganhou força na cidade. O professor da Escolinha de Atletismo de Assaí, Sílvio Kaminise, o Kazu, já recebeu a promessa de maior investimento da administração municipal. 

Há menos de um ano, Kazu montou a escola e já treina cerca de 150 atletas amadores com idades entre 9 e 17 anos. Ele ressalta que o principal objetivo é social, tirar as crianças das ruas e oferecer o esporte como alternativa. No entanto, ele explica que, quando algum aluno se destaca, é feita uma ponte com clubes da região. "Temos várias promessas, vamos trabalhá-las para que atinjam o nível do Nilson e da Letícia. Se for da vontade deles, com certeza poderão se destacar em um clube", analisa. 

Se entre os descendentes nipônicos eles já alcançaram o topo, agora eles sonham mais alto. Letícia está de mudança para Londrina. Ela negocia parceria com um clube para treinar durante a semana. Kazu prefere não antecipar detalhes, mas já dá como certa a parceria. "Paralelo ao esporte, vou fazer cursinho para prestar o vestibular para Medicina no meio do ano, mas vou investir no atletismo. É o que eu quero de verdade", afirma. Yoshitomi tem o foco em cursar Fisioterapia e Nutrição, mas não descarta seguir no atletismo se houver condições favoráveis. "Se der certo eu sigo, que mal tem?", brinca. 

O prefeito Luiz Alberto Mestiço Vicente (PSDB), reconheceu a importância de fortalecer o esporte na cidade. "Os resultados aparecem muito rápido. Em menos de um ano, a Escolinha de Atletismo já apresentou resultados", frisa. Mestiço pretende construir uma pista de skate próximo ao Zerinho e retomar as aulas de basquete. "É uma parceria importante que vamos sempre dar apoio", garante.

Celso Felizardo
Reportagem Local

Folha de Londrina - 12.02.2014

 

 
Criado em 13 Fevereiro 2014

Operação tapa buracos chega aos conjuntos Planalto e Novo Horizonte.

Funcionários e maquinários da secretaria de Obras e Serviços realizam o serviço na rua  Dr Gustavo Américo Hasselmann  na tarde desta terça feira. Trecho da Rua Carlos Kato também receberá a benfeitoria.

O serviço de tapa buracos atenderá todos os bairros da cidade, como uma ação emergencial atendendo a principal reclamação da população.

 

 

 
Criado em 13 Fevereiro 2014

Policiais militares estiveram nesta manhã, dia 12 de fevereiro, nas salas de aula da 6ª série do colégio Barão do Rio Branco,  realizando uma breve palestra e demonstrando na prática aos novos alunos, as regras de trânsito. Esclareceram como usar  corretamente o cinto de segurança, qual idade adequada para utilizar o banco da frente do automóvel, a maneira segura de atravessar uma avenida, sempre na faixa de pedestre e prestar muita atenção nos veículos sempre utilizando a calçada.

Segundo o soldado Izael da Patrulha Escolar é muito importante esse alerta para essas crianças que iniciam em um colégio maior, , onde o fluxo de veículos é intenso e a atenção deve ser redobrada, na maioria das vezes, diferente da escola de seu bairro

O aspirante Edilson  de São Sebastião da Amoreira que iniciou seu trabalho em Assai,  nesta terça-feira, 11 de fevereiro, esteve à frente do projeto, contando com o apoio do soldado Izael  Lourenço e do sargento Wagner José de Carvalho.

Mais fotos aqui...

 
Criado em 12 Fevereiro 2014

Ex- Médico do hospital Pró Vida de Assaí, que prestava serviços ao hospital, entra com ação na 2ª Vara do Trabalho de Cornélio Procópio, alegando não ter recebido pelos plantões realizados e pediu uma indenização no valor de R$ 218.883,10.

Os réus na ação são: Instituto Pró Vida e município de Assaí.

Caso haja condenação o município de Assaí, poderá ser responsabilizado à pagar o valor da indenização a este médico.

O Instituto Pró-Vida alegou que os documentos necessários para sua defesa se encontravam dentro da sala do ex- diretor, que se encontra lacrada no Hospital, por ordem judicia. A juíza da vara do trabalho, requereu a juíza de Assaí, autorização para que os réus pudessem adentrar a sala na presença das partes, juntamente com o oficial de justiça para que tirassem cópia dos documentos referentes a este médico.

Informações obtidas através do Dr. Marcelo Baldassarre Cortez que acompanhou a diligência.
 
 
Câmera News
 
Criado em 12 Fevereiro 2014

Na noite desta terça-feira, 11 de fevereiro, por volta das 23h30m, a equipe da policia militar atendeu um chamado e dirigiu-se a Avenida Rio de Janeiro, onde os familiares, do Sr Jonas Alfredo Rosa, 57 anos, disseram terem-no encontrado em óbito em um terreno baldio. A vítima fatal (Sr Jonas) se encontrava com um corte na cabeça.

O local foi mantido preservado até a remoção do corpo pelo IML para a apuração da causa morte.

O corpo já se encontrava em avançado estado de decomposição, e Jonas estava desaparecido desde o último fim de semana.

 

 
Criado em 13 Fevereiro 2014

Nesta quinta-feira, 13 de fevereiro,  a RCC (Renovação Carismática Católica), de Assaí realizará a missa de Cura e Libertação para os fiéis, na Igreja Matriz São José. A comunidade contará com a presença marcante do Padre Roberto Medeiros de Moraes, do Santuário São Miguel Arcanjo da cidade de Bandeirantes. A secretaria da Igreja convida a todos da comunidade para participarem do evento.

 
Criado em 11 Fevereiro 2014

O Empresário Flávio Veríssimo, CEO da empresa que se instalou em 2002 e permaneceu por oito anos em Assaí, afirmou no final da tarde desta terça-feira, 11de fevereiro de 2014, que não existe nenhuma proposta para mudança da fábrica. Flávio garantiu ao Assaionline, que não conhece o prefeito e nenhum secretário ou representante da prefeitura, que nunca recebeu qualquer proposta do atual governo municipal e que ficou surpreso quando soube que havia comentários sobre o assunto na cidade. O empresário garantiu que a empresa está muito bem instalada em Londrina, próximo de seu maior cliente, das transportadoras e de diversos fornecedores. Além disso, a fábrica fica numa área de quase 4 mil metros quadrados, motivo que fez com que ocorresse a mudança de cidade, por não existir nenhum local semelhante, disponível em Assaí.

Para Flávio, “ninguém pode fazer qualquer comentário público sobre o assunto sem perguntar a posição dele, por que ele é o único que fala pela Verissimo”.

Na verdade, o contato que aconteceu foi através do RH da empresa com a secretaria do trabalho e emprego, para encaminhar currículos dos munícipes interessados em tentarem uma vaga na Verissimo.  Flávio disse que se sente muito satisfeito com os funcionários assaienses e por isso resolveu abrir novas vagas na cidade.

“Estamos em Londrina por uma questão estratégica e não há motivos para mudar agora”. 

 
Criado em 11 Fevereiro 2014

A secretaria de Obras e Serviços inicia a terraplanagem do terreno onde serão construídos equipamentos de exercícios da Academia da Saúde.

A academia esta sendo construída na praça da Vila Nova ao lado do Posto de Saúde pela empresa Valoral.

A primeira etapa foi a construção  do salão de vivência  com 110,25m² que esta em fase de acabamento,  que servirá para reuniões e atividades coletivas para os moradores da região.

Na parte externa direcionada para prática de atividades físicas, contará com pranchas para abdominais e barras vertical e horizontal para flexão de braços.

A obra dará um novo visual para a região, levando qualidade de vida aos moradores.

 

 

 

Pagina 45 de 286

<< Iniciar < Ant 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 Próx > Fim >>