Criado em 26 Fevereiro 2019
O Paraná deve fechar o período de colheita da safra de soja com uma queda de 15% em relação ao ano passado, segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral) do estado.
 
De acordo com as estimativas do órgão, os produtores de soja do Paraná vão colher 16,4 milhões de toneladas do grão. Praticamente metade da produção de 2019 já foi colhida no estado. 
 
O boletim mensal do Deral foi divulgado na sexta-feira (22). 
Segundo o Deral, as chuvas irregulares e as altas temperaturas entre novembro e dezembro afetaram a produção. 
 
Os agricultores mais afetados foram os da região oeste e sudoeste do estado, que anteciparam o plantio e tiveram maiores problemas no período de enchimento dos grãos. 
 
“Foi uma perda considerável, já que a soja é a principal cultura plantada nesse período do ano no estado”, afirmou o economista do Deral, Marcelo Garrido. 
 
Segundo ele, apesar do preço da saca pago aos produtores estar acima da média, a R$ 70, o prejuízo dos agricultores do estado pode chegar a R$ 3,7 bilhões, com perda de 3,2 milhões de toneladas de grãos.
 
 
G1