Nectar e Suco Nosliw
Anuncie Aqui
Super Nosliw

 

Mais Notícias

MOTORISTAS DE ASSAÍ SÃO LESADOS POR ESTELIONATÁRIO QUE OFERECIA EMPREGO
Assaí
Nesta terça, 15, por volta das 09 hrs.,  compareceu à 3ª Cia. da  PM um senhor relatando que há alguns dias uma pessoa chamada Danilo entrou em contato com ele
Trabalhadora é assaltada dentro de agência bancária no centro de Cornélio Procópio
Região
Na manhã desta quarta feira, 16, por volta das 8h, uma funcionária de um posto de gasolina foi assaltada dentro de uma agência bancária localizada no centro de C
Ventos de até 65 km/h derrubam treze árvores em Maringá
Paraná
Rajadas de vento de até 65,5 km/h derrubaram treze árvores em Maringá, no norte do Paraná, na noite de terça-feira (15), segundo a Defesa Civil. Os bairros P
 PRF apreende 35 quilos de crack na região Norte do Paraná
Região
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 35,7 quilos de crack na tarde de terça-feira (15), em Bandeirantes, na região do Norte Pioneiro do Paraná. A droga
Adolescentes foram apreendidos por tráfico de drogas em São Sebastião da Amoreira
Região
Neste domingo, 06 de maio, após informações privilegiadas de que haveria alguns meliantes homiziando drogas na Vila Rural, a equipe da PM logrou êxito em abordar
Prazo para regularizar título de eleitor termina dia 9
Geral
Brasileiros que ficaram mais de três eleições sem votar ou justificar a ausência têm até a próxima quarta-feira (9) para regularizar a situação. Para efeito
 Demora no diagnóstico de câncer leva à mastectomia em 70% dos casos
Saúde
A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta que em 70% dos casos de câncer de mama diagnosticados no país a mulher passa por uma mastectomia (remoção total
 Rússia intensifica preparação antiterror às vésperas da Copa do Mundo
Esportes
A prisão, na semana passada, de cinco integrantes de uma célula do Estado Islâmico pelas forças de segurança da Rússia, fez aumentar o alerta em relação ao r
 Inscrições para o Enem começam nesta segunda-feira; prazo vai até 18 de maio
Educação e Cultura
Começa nesta segunda-feira (7), às 10h, o período de inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O prazo vai até 18 de maio. As inscrições deve
Ladrões invadem Prefeitura de Bandeirantes e tentam explodir caixa eletrônico
Região
Ladrões invadiram a Prefeitura de Bandeirantes, no norte do Paraná, na madrugada desta quinta-feira (3).    Eles tentaram explodir o caixa eletrônico que fica
 Mega-Sena acumula e poderá pagar R$ 22 milhões
Geral
O Concurso 2.036 da Mega-Sena, com prêmio previsto de R$ 20 milhões, foi sorteado na noite de quarta-feira (2) em Xanxerê (SC). Nenhum bilhete acertou os seis nú
 Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contrato do Fies
Educação e Cultura
O prazo para renovar o contrato do primeiro semestre de 2018 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado para o dia 10 de maio. Inicialmente, os estud
 Carros roubados e metralhadora são apreendidos em Cambé
Região
Um rapaz, de 24 anos, que não teve o nome revelado, foi preso na noite de quarta-feira (2), em Cambé, suspeito de praticar um roubo de um veículo na cidade. Após
 Suspeito de matar irmão é preso após balear criança em Londrina
Região
Suspeito de matar o próprio irmão, um rapaz, que não teve o nome divulgado, foi preso na noite de quarta-feira (2), na zona norte de Londrina, após balear uma cr

O câncer de mama é responsável por 15% de todos os óbitos por câncer em mulheres no mundo. Para 2017, estima-se 56 diagnósticos a cada 100 mil mulheres no país. O histórico desta doença é alarmante, em 2014, foram esperadas 14² mil mortes e em 2012 esta previsão chegou a 500 mil óbitos. 

No sistema público de saúde brasileiro, aproximadamente 50% das mulheres diagnosticadas descobrem a doença em fase avançada, também conhecida como metastática, fase em que acomete outros órgãos, o que dificulta o tratamento do tumor. 

Graças ao avanço da medicina personalizada, as perspectivas são positivas. Hoje, com terapias que agem diretamente no tumor e provocam menos efeitos colaterais e danos às células saudáveis, as chances de cura da doença descoberta em fase inicial são de quase 100%. Em relação à fase metastática, associada à morte por 70% das pessoas, a oncologista do Hospital de Clínicas de Curitiba, dra. Karina Vianna, reforça que recebendo o tratamento adequado, o câncer de mama metastático não é uma ‘sentença de morte’, existem pacientes vivendo com qualidade de vida e por muito mais anos.

 



Este é o caso de Luciane Taviano, que em 2005, aos 37 anos, durante a realização de exames de rotina descobriu um nódulo na mama, entretanto, por ter tido diversos laudos inconclusivos, só em 2009 iniciou o tratamento tendo que passar por uma cirurgia para a retirada total de um dos seios. Em 2012, o tumor voltou a surgir no outro seio. Desta vez com um dos subtipos mais agressivos, o HER2 positivo, o que levou a paciente a remover a outra mama, mas a doença já tinha evoluído para a fase avançada. 

Desde 2015, Luciane vive com uma metástase do último tumor na parede torácica, o qual é tratado, pelo sistema privado de saúde, com terapias-alvo adequadas para o estágio da doença. Ela afirma que vive sua vida normalmente. "Trabalho sem dificuldade, cuido da casa, dos meus dois filhos, do meu marido. E, claro, viajo sempre que posso, que é uma das coisas que mais gosto de fazer", explica Luciane. 

Segundo a oncologista, atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não disponibiliza o mesmo tratamento que o Sistema Privado para mulheres com o subtipo HER2 – positivo em fase avançada. "Há uma defasagem na incorporação de novas tecnologias e isso compromete o tempo e a qualidade de vida das pacientes", explica a médica. 

O câncer de mama é o tipo que mais acomete e mata mulheres no Brasil e no mundo. Para 2016 e 2017, o Instituto Nacional do Câncer estimou 10.970 novos casos da doença na Região Sul, onde o tumor é o mais frequente no sexo feminino, sendo 5.210 localizados somente no Rio Grande do Sul. Em 2014, foram estimados 2.596 óbitos entre as sulistas. 

O INCA apontou que o câncer de mama representa 25% entre os dez cânceres mais incidentes nas sulistas, são 74,3 casos da doença para cada 100 mil mulheres. Segundo a especialista, este número se deve a "multifatores", entre eles a alta expectativa de vida da população feminina da região, que é de aproximadamente 80 anos, e o nível de tabagismo de 14,9%, que é o maior entre as brasileiras. 

A dimensão do câncer de mama sempre foi grande, e as brasileiras enfrentaram muitos obstáculos na luta por políticas públicas efetivas contra a doença. Nos anos 1980, as ações propostas para a prevenção e detecção do câncer de mama consistiam, basicamente, em estimular as mulheres a palparem suas mamas e em sensibilizar os médicos a detectarem nódulos suspeitos por meio do exame clínico. As Secretarias Municipais de Saúde só passaram a ter acesso a mamógrafos e a materiais educativos direcionados aos médicos em 2002, com incentivo do projeto "Viva Mulher", que visava o controle nacional dos cânceres femininos. 

O Sistema de Informação de Controle do Câncer de Mama (Sismama), só foi finalizado em 2009 pelo INCA e DataSUS. A ferramenta gerencia ações de detecção precoce do câncer de mama. No mesmo ano, um Encontro Internacional sobre Rastreamento do Câncer de Mama foi realizado no Rio de Janeiro, com debates sobre programas nacionais de rastreamento populacional do câncer de mama na América do Norte e na Europa. 

"Até hoje, buscar o debate sobre o câncer de mama é muito importante. Os avanços tecnológicos representam uma importante conquista para os pacientes", afirma o dra. Karina.

Novas tecnologias aumentam as chances de cura e a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama

 

Bonde