Error
  • JLIB_APPLICATION_ERROR_COMPONENT_NOT_LOADING

Mais Notícias

Abertas inscrições para o Curso de Sobremesas Ligia Varella Doces
Assaí
Encontra-se abertas as inscrições para o curso de Sobremesas para o seu fim de semana com Ligia Varella Doces. As inscrições são limitadas e podem ser realizad
Homem morre em capotamento em Sertanópolis
Região
Um Toyota Corolla com placas de Sertanópolis capotou na madrugada de hoje (7), por volta da 1h30, em Sertanópolis (Região Metropolitana de Londrina), no km 405 da
Residências arrombadas na Secção Paineira em Assaí
Assaí
Neste domingo, 07, por volta das 02:09 hrs., a equipe Policial  foi solicitada a comparecer em um sitio, onde o  solicitante relatou que saiu de sua casa para ir a
Receita abre consulta a lote de restituição do Imposto de Renda
Economia
A Receita Federal abriu nesta segunda-feira (8) consulta ao lote de restituição residual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF), referente aos exercíci
Inscrições para o Enem começam nesta segunda-feira
Educação e Cultura
Começam nesta segunda-feira (8), a partir das 10h, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições devem ser feitas pela internet, no
Adolescente pede presença da mãe para liberar reféns em assalto frustrado
Região
Dois homens armados fizeram uma família refém na manhã desta segunda-feira (8) na rua Rogério Delalibera, no Jardim Oriente, zona leste de Londrina. Os moradores
Exame Preventivo acontecerá em 10 de maio em Assaí
Assaí
Devido ao mau tempo, a campanha de realização de exames preventivos de câncer de colo de útero que aconteceria nesta quarta-feira (26/04) no Posto de Saúde Ce
Classificados do Teste Seletivo para Estagiários 2017
Assaí
A Prefeitura Municipal de Assaí divulga a lista dos candidatos classificados na prova de redação do Teste Seletivo para Estagiários 2017 para a próxima fase:
Crédito imobiliário cai 9,2% e atinge R$ 4,01 bi em março, revela Abecip
Economia
Os financiamentos para aquisição e construção de imóveis no País somaram R$ 4,01 bilhões em março. O montante representa queda de 9,2% em relação ao mesmo
Novo radar começa a operar na praça de pedágio no Norte Pioneiro
Paraná
O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e a concessionária Econorte informam que nesta sexta-feira (28) ser
PM DE NOVA SANTA BÁRBARA MINISTRA PALESTRAS PARA ALUNOS DA REDE MUN DE ENSINO
Região
Policia Militar de Nova Santa Bárbara, Através do Sgt Paulo Ibba e Sd Amanda ministraram palestra na Escola municipal para cerca de 60 crianças. Os temas foram Bu
Primeiro heliponto hospitalar de Londrina está em atividade
Região
Helicóptero transportou uma menina de sete dias de vida, que passará por cirurgia cardíacaO heliponto do Hospital do Coração – Unidade Bela Suíça, em Lond
Estudantes e professores da UEL aprovam participação na greve geral do dia 28
Educação e Cultura
A greve geral da próxima sexta-feira (28) será reforçada com a adesão de mais duas categorias. Na noite desta terça-feira (25), professores e estudantes da Univ
Geração de empregos formais segue em alta no Estado
Economia
Na contramão do que foi registrado no País, o Paraná tem saldo positivo na geração de empregos. Segundo o levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempr

O câncer de mama é responsável por 15% de todos os óbitos por câncer em mulheres no mundo. Para 2017, estima-se 56 diagnósticos a cada 100 mil mulheres no país. O histórico desta doença é alarmante, em 2014, foram esperadas 14² mil mortes e em 2012 esta previsão chegou a 500 mil óbitos. 

No sistema público de saúde brasileiro, aproximadamente 50% das mulheres diagnosticadas descobrem a doença em fase avançada, também conhecida como metastática, fase em que acomete outros órgãos, o que dificulta o tratamento do tumor. 

Graças ao avanço da medicina personalizada, as perspectivas são positivas. Hoje, com terapias que agem diretamente no tumor e provocam menos efeitos colaterais e danos às células saudáveis, as chances de cura da doença descoberta em fase inicial são de quase 100%. Em relação à fase metastática, associada à morte por 70% das pessoas, a oncologista do Hospital de Clínicas de Curitiba, dra. Karina Vianna, reforça que recebendo o tratamento adequado, o câncer de mama metastático não é uma ‘sentença de morte’, existem pacientes vivendo com qualidade de vida e por muito mais anos.

 



Este é o caso de Luciane Taviano, que em 2005, aos 37 anos, durante a realização de exames de rotina descobriu um nódulo na mama, entretanto, por ter tido diversos laudos inconclusivos, só em 2009 iniciou o tratamento tendo que passar por uma cirurgia para a retirada total de um dos seios. Em 2012, o tumor voltou a surgir no outro seio. Desta vez com um dos subtipos mais agressivos, o HER2 positivo, o que levou a paciente a remover a outra mama, mas a doença já tinha evoluído para a fase avançada. 

Desde 2015, Luciane vive com uma metástase do último tumor na parede torácica, o qual é tratado, pelo sistema privado de saúde, com terapias-alvo adequadas para o estágio da doença. Ela afirma que vive sua vida normalmente. "Trabalho sem dificuldade, cuido da casa, dos meus dois filhos, do meu marido. E, claro, viajo sempre que posso, que é uma das coisas que mais gosto de fazer", explica Luciane. 

Segundo a oncologista, atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não disponibiliza o mesmo tratamento que o Sistema Privado para mulheres com o subtipo HER2 – positivo em fase avançada. "Há uma defasagem na incorporação de novas tecnologias e isso compromete o tempo e a qualidade de vida das pacientes", explica a médica. 

O câncer de mama é o tipo que mais acomete e mata mulheres no Brasil e no mundo. Para 2016 e 2017, o Instituto Nacional do Câncer estimou 10.970 novos casos da doença na Região Sul, onde o tumor é o mais frequente no sexo feminino, sendo 5.210 localizados somente no Rio Grande do Sul. Em 2014, foram estimados 2.596 óbitos entre as sulistas. 

O INCA apontou que o câncer de mama representa 25% entre os dez cânceres mais incidentes nas sulistas, são 74,3 casos da doença para cada 100 mil mulheres. Segundo a especialista, este número se deve a "multifatores", entre eles a alta expectativa de vida da população feminina da região, que é de aproximadamente 80 anos, e o nível de tabagismo de 14,9%, que é o maior entre as brasileiras. 

A dimensão do câncer de mama sempre foi grande, e as brasileiras enfrentaram muitos obstáculos na luta por políticas públicas efetivas contra a doença. Nos anos 1980, as ações propostas para a prevenção e detecção do câncer de mama consistiam, basicamente, em estimular as mulheres a palparem suas mamas e em sensibilizar os médicos a detectarem nódulos suspeitos por meio do exame clínico. As Secretarias Municipais de Saúde só passaram a ter acesso a mamógrafos e a materiais educativos direcionados aos médicos em 2002, com incentivo do projeto "Viva Mulher", que visava o controle nacional dos cânceres femininos. 

O Sistema de Informação de Controle do Câncer de Mama (Sismama), só foi finalizado em 2009 pelo INCA e DataSUS. A ferramenta gerencia ações de detecção precoce do câncer de mama. No mesmo ano, um Encontro Internacional sobre Rastreamento do Câncer de Mama foi realizado no Rio de Janeiro, com debates sobre programas nacionais de rastreamento populacional do câncer de mama na América do Norte e na Europa. 

"Até hoje, buscar o debate sobre o câncer de mama é muito importante. Os avanços tecnológicos representam uma importante conquista para os pacientes", afirma o dra. Karina.

Novas tecnologias aumentam as chances de cura e a qualidade de vida de pacientes com câncer de mama

 

Bonde

Compartilhar

Moda

Previous Next

Saúde

Previous Next

Culinária

Previous Next